Esta página utiliza cookies. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa política de privacidade     [Aceitar e Fechar]

ELEIÇÕES ÓRGÃOS SOCIAIS - TRIÉNIO 2020/2022

  • 2020-02-10


O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral vem comunicar que se encontram abertas as candidaturas ao preenchimento de todos os cargos dos Órgãos Sociais elegíveis, às Eleições para os Órgãos Sociais.

 

COMUNICADO

ASSEMBLEIA-GERAL

 

ELEIÇÕES ÓRGÃOS SOCIAIS
Triénio 2020 / 2022

O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral vem por este meio anunciar que de acordo com a alínea a) do art.º 30º e do art.º 31º do Regulamento Geral Interno da Associação de Praças - AP se vão realizar Eleições para os Órgãos Sociais da AP no dia 31 de março de 2020, estando abertas as candidaturas ao preenchimento de todos os cargos dos Órgãos Sociais elegíveis, pelo que as listas deverão ser enviadas à Mesa da Assembleia-Geral (Sede da AP, na Rua Varela Silva, Lote 12 – Loja B, 1750-403 Lisboa) até ao dia 1 de março de 2020 constando nelas obrigatoriamente:

 - Identificação do representante da lista;

 - Os candidatos efetivos suficientes por forma a que todos os Órgãos e respetivos cargos sejam preenchidos;

 - Um candidato suplente para cada Órgão;

 - Número de associado dos candidatos;

 - Nome, Posto e Especialidade dos candidatos;

 - Órgão e Cargo ao qual se candidatam;

 - As listas de candidatura terão que ser subscritas por, pelo menos, 100 associados, com indicação de nome legível, assinatura e número de associado.

Não serão aceites listas que não apresentem candidatos a todos os Órgãos Sociais elegíveis. Cada candidato só poderá apresentar-se numa lista de candidatura.

 As candidaturas serão alvo de apreciação de conformidade nos cinco dias subsequentes após a sua formalização e notificadas imediatamente de eventual irregularidade existente para correção, devendo as mesmas serem novamente remetidas à Mesa da Assembleia-Geral impreterivelmente até ao prazo máximo de 2 dias, condição que a não se verificar tornará inviável a sua apresentação a sufrágio, decidindo a mesma em definitivo pela aceitação ou rejeição da candidatura.

Lisboa, 10 de fevereiro de 2020

O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral

 ANTÓNIO DOS ANJOS CANGUEIRO